A vigésima campanha de vacinação contra a gripe está em curso, e ainda há muitas dúvidas sobre o assunto circulando entre as pessoas. Há, até mesmo, os que não sabem quem deve tomar a vacina da gripe.

Não perca de vista a importância de se vacinar. Pessoas com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas que enfraquecem o sistema imunológico — como a AIDS, por exemplo —, gestantes, crianças entre 6 meses e 5 anos, professores da rede pública, funcionários e internos dos sistemas prisionais e de socioeducação podem ser imunizados gratuitamente nos postos do SUS — Sistema Único de Saúde.

Neste artigo, queremos informar você sobre a importância de se tomar a vacina contra a gripe e mostrar quais são os possíveis efeitos colaterais. Continue a leitura!

Por que devo me vacinar?

A gripe é considerada, por muitos, uma doença comum e inofensiva. Contudo, se não for devidamente diagnosticada por um médico e tratada, ela pode trazer consequências mais sérias e evoluir para doenças graves. Veja alguns motivos para tomar a vacina da gripe:

1. A gripe pode evoluir para pneumonia

A evolução da gripe para a pneumonia é uma das consequências mais sérias da doença. Caso os pulmões sejam infectados pelo vírus, isso também pode deixá-los mais susceptíveis a infecções bacterianas. Uma vez imunizada, a pessoa pode evitar esse tipo de complicação. Portanto, não deixe de se vacinar.

2.  O vírus da gripe sofre mutações

O vírus influenza passa por mutações constantemente. Isso quer dizer que a vacina fornecida nos anos anteriores já não tem a mesma eficácia protetora. Por isso, é importante que a população seja informada e conscientizada sobre a importância de manter a regularidade das doses anuais.

3. A vacina é segura e não causa gripe

Este é um mito muito comum que circula entre as pessoas. No entanto, a vacina da gripe é produzida a partir de vírus mortos, sendo, desta forma, totalmente segura. Ou seja, ela não é capaz de infectar alguém. Portanto, não tenha receio de procurar um posto de saúde ou clínicas particulares para se proteger do influenza.

4. O vírus pode infectar o coração

Nem mesmo o coração está totalmente seguro. O influenza também pode atingir esse órgão vital e causar uma inflamação no músculo cardíaco chamada miocardite viral. Em alguns casos, essa inflamação deixa o coração dilatado e com arritmias, levando o paciente a depender de medicamentos que ajudem o coração a trabalhar corretamente.

5. A gripe pode levar a morte

Existem pessoas que se encaixam no grupo de risco dessa doença. Elas são as mesmas já citadas no início desse artigo e, não por acaso, podem tomar a vacina da gripe gratuitamente nas unidades básicas de saúde. Para evitar consequências mais graves da doença, inclusive o óbito, vacine-se!

É importante que você saiba, também, que os efeitos colaterais da vacina são de ordem comum, causadas pelo próprio sistema imunológico ao perceber a presença do vírus no organismo. Contudo, como já informado, o vírus da vacina está morto e não causa gripe. Além disso, também pode haver um pouco de dor no local da aplicação, e reações alérgicas também são possíveis, porém, raras.

Há bons motivos para se vacinar. Além de proteger o seu próprio organismo, quando você decide pela vacinação, também acaba contribuindo para impedir que infecções de gripe atinjam proporções endêmicas.

Gostou do nosso artigo sobre quem deve tomar a vacina da gripe e sua importância? Então, comente sobre as suas impressões.