“Prevenir é melhor do que remediar”. Esse é um ditado bem antigo e extremamente válido, principalmente quando se trata de cuidar da própria saúde. A saúde é o bem mais precioso que qualquer ser humano pode ter, e não há dinheiro no mundo capaz de comprá-la. Por isso, é importante que todos recorram à medicina preventiva para evitar doenças crônicas.

Isso quer dizer que, é importante fazer check-ups regularmente para ver se sua saúde está em dia. Se você se preocupa com sua saúde e de sua família e quer saber mais sobre o assunto, acompanhe a leitura que daremos mais informações.

O que é medicina preventiva?

Como o próprio nome diz, é a área destina à prevenção de enfermidades ou lesões e não de curá-las ou tratá-las, como é o caso da medicina curativa. Durante muito tempo, ela foi considerada uma área que cuidava somente da prevenção de doenças por meio de vacinas e exames. 

Hoje em dia, porém, a medicina preventiva vai além desses procedimentos. Ela se preocupa não somente em prevenir doenças, mas educar a população em relação à mudança de hábitos. Isso inclui programas de atividade física ou emagrecimento, promoção de princípios de vida saudável, exames periódicos de colesterol, diabetes, câncer etc.

Como funciona?

A prática é dividida em quatro partes: 

  1. Prevenção primária: evita a doença desde o período de gestação da mãe.
  2. Prevenção secundária: trata de doenças em seu estágio inicial, evitando sua evolução. O tratamento é feito utilizando métodos de diagnóstico.
  3. Prevenção terciária: usa métodos que diminuem os sintomas da doença, diminuindo complicações e restabelecendo as funções normais do organismo.
  4. Prevenção quaternária: utiliza métodos que evitam ou minimizam resultados de intervenções desnecessárias ou excessivas no sistema de saúde.

Como botar em prática o conceito de medicina preventiva?

Uma das formas de colocarmos em prática esse conceito é fazer check-ups regularmente, evitar o estresse por meio da prática de meditação, exercício físico ou outra atividade que lhe dê prazer. Isso evita que você tenha doenças comuns, como a depressão, por exemplo.

Além disso, você deve cuidar de sua alimentação, evitando gorduras ruins, muito açúcar e alimentos industrializados. Cuidar de problemas emocionais também ajuda a prevenir doenças. Lembre-se de que ir ao médico periodicamente e não cuidar de seu corpo e de sua mente não vai ajudar a prevenir doenças, apenas a diagnosticá-las

Qual a importância da medicina preventiva?

Custa muito menos para você e sua família prevenir uma doença do que tratá-la. E, não estamos falando de custo financeiro, e sim de prejuízos à sua saúde e seu bem-estar. Mesmo que você não possa evitar certas doenças, o diagnóstico precoce aumenta muito as chances de cura.

Vamos a um exemplo: o câncer de mama é o tipo mais comum de câncer entre as mulheres, mas, se ele for diagnosticado logo no início, as chances de cura são de quase 90%.

Por meio da medicina preventiva, o médico será capaz de identificar e monitorar sintomas de uma possível doença. Há várias enfermidades que estão ligadas ao código genético, ou seja, são hereditárias e podem ser evitadas, desde que o paciente esteja disposto a cooperar.

Viu como a medicina preventiva é importante para você e sua família? Então não perca tempo, entre em contato com a Cuida Mais e saiba como ter acesso a médicos de todas especialidades com mensalidades que cabem no seu bolso!