Com o objetivo de melhorar a qualidade de vida, o avanço da medicina fez com que muitas pessoas buscassem novas alternativas para a prevenção e até mesmo a cura de doenças.

É o caso da medicina complementar, que surge como apoio aos tradicionais tratamentos, desenvolvendo o bem-estar por meio de terapias de integração da sociedade, meio ambiente e o indivíduo.

Quer entender tudo sobre a medicina complementar e o que ela oferece como benefícios para a qualidade de vida? Leia a matéria completa:

Conceito de medicina complementar

A medicina complementar compreende os recursos para curar e prevenir doenças, como a depressão e a hipertensão.

Os tratamentos são baseados em conhecimentos da medicina tradicional e também nas técnicas convencionais, porém são utilizados recursos terapêuticos.

Como melhorar a sua qualidade de vida com as práticas da medicina complementar? Veja os exemplos a seguir.

Exemplos de medicina complementar

Ioga

É uma alternativa que trabalha corpo, mente e psicológico, unindo o corpo físico, o espiritual e o intelectual, trabalhando exercícios respiratórios e mentais, deixando corpo, alma e mente mais saudáveis, em busca do autoconhecimento.

Os benefícios são o poder de melhorar a ansiedade, a asma, reduzir estresse, pressão sanguínea, depressão, dores de cabeça, além de melhorar a concentração, proporcionando calma e bem-estar.

Meditação

São utilizados mecanismos para que o corpo aumente o bem-estar e a imunidade da pessoa, melhorando as defesas do organismo, reduzindo o estresse e trazendo paz interior.

Além disso, melhora os níveis de energia, o fluxo sanguíneo no cérebro, diminui as dores e ajuda a conter emoções negativas.

Dança circular

É um movimento de danças contemporâneas cujo objetivo é reunir as pessoas unindo culturas, gêneros e classes sociais para que a música e a dança tragam possibilidades afetivas e educativas no sentido da construção da paz.

Como benefício faz com que as defesas do organismo sejam ampliadas, desenvolvendo a coordenação e diminuindo o estresse.

Acupuntura

Essa técnica da medicina chinesa que introduz agulhas metálicas em pontos do corpo, tratando doenças ou provocando algum efeito anestésico, promove a saúde.

Assim, estimula as terminações nervosas, enviando mensagens ao cérebro, que envia reações ao corpo como analgésico ou anti-inflamatório.

Reconhecimento oficial da medicina complementar 

O Ministério da Saúde (MS) aprovou a medicina complementar como recurso para garantir a coletividade, o bem-estar físico, mental e social, no parágrafo único do art. 3.º da Lei n.º 8.080/90.

O Ministério da Saúde, portanto, reconhece oficialmente a medicina complementar como uma medida importante na recuperação dos pacientes, entrando em equilíbrio com o corpo e a mente.

Portanto, o Sistema Único de Saúde (SUS) passa a oferecer a medicina complementar como terapia alternativa no tratamento dos pacientes.

Buscando sempre a melhoria na qualidade de vida, a medicina complementar surge para a prevenção e até mesmo a cura de doenças. É uma nova alternativa para melhorar o bem-estar e o equilíbrio de pessoas que fazem algum tratamento médico.

Pelas novas tecnologias e tratamentos, o Ministério da Saúde aprovou a medicina complementar como um recurso para ajudar os pacientes a buscarem mecanismos naturais para a prevenção e a recuperação da saúde.

Esperamos que esta matéria tenha esclarecido a respeito do que é a medicina complementar e os benefícios para o seu bem-estar.

Quer saber mais sobre como melhorar a sua qualidade de vida? Siga-nos no Facebook e se inscreva em nosso canal do Youtube. Até a próxima!